“BIS” DE ZÉ GOMES EVITA DERROTA DE BENFICA B

Partilhar está notícia nas redes sociais.

O futebolista luso- guineense do Sport Lisboa e Benfica, José Gomes, foi grande figura na tarde da passada sexta-feira, no empate entre Sportign B e Benfica, com “bis” no stadium Aurelio Pereira em Alcochete, em jogo da 40.ª jornada da segunda liga Portuguesa de futebol, denominado “LEDMAN LIGAPRO” da presente epoca.

Apesar dos leoes interromper a serie de quatro triufos consecutivos das aguias, o jovem avanaçado de apenas 18 anos de idade conhecido entre amigos por “Zé golo” somou hoje 7 golos no campeonato em 23 encontro disputado da “LEDMAN LIGAPRO”.

O antigo atleta da Academia Vitalaise de Bissau, que apesar da sua tenra idade, já estreou-se esta epoca na equipa principal das aguias na presente temporada e tornou-se no mais jovem futebolista a atuar nas competiçoes Europeias, com apenas 17 anos e 174 dias.

Para Nuno Gomes, antigo jogador das aguias, José Gomes, destacou a sua  capacidade em desempenhar a funçao de homem mais adiantado, sendo futebolista de inegavel gabarito na posiçao 9.

“É um número nove que poderá fazer a diferença no futuro e poderá chegar à Seleção portguesa por aquilo que temos visto na carreira dele. Ele próprio também o provou no Europeu sub-17, que é um marcador nato de golos, tem faro pelo golo que é necessário nos pontas de lança, mas é uma questão de trabalho” rematou Nuno Gomes.

O jogador natural da Guiné-Bissau, é um dos atletas 21 atletas convocado no passado dia 2 do mês curso por Emilio Peixe para o Mundial da Coreia do Sul, que decorre entre 20 de maio e 11 de junho.

Reagindo a convocatoria esta quinta-feira, “Zé golo” mostrou-se satisfeito por ser um dos nove jogadores do Benfica a ser chamado pelo seleccionador para representar portugal na competiçao.

De recordar que José Gomes a par de Dayot Upamecano (também um jogador da origem guineense) figura na lista dos futebolistas nomeados para 15.ª edição do premio “GoldenBoy”, atribuído pela jornal italiano “Tuttosport” desde 2013, que no ano passado foi atribuído ao médio português, Renato Sanches que foi colega de Ze golo no Benfica.

Por: Alison Cabral