JÉSSICA INTCHUDÉ MARCA ESTREIA DO PAÍS NOS JOGOS DE BACU

Partilhar está notícia nas redes sociais.

A Guiné-Bissau estreia-se na próxima terça-feira, 17 de maio 2017, na modalidade do atletismo no ‘IV Jogos da Solidariedade Islâmica’, a decorrer em Bacu, capital de Azerbaijão. A atleta Jéssica da Silva Intchudé marcará a sua estreia absoluta e abre assim o caminho a participação guineense no evento.

Jéssica Intchudé entrará em ação na modalidade de atletismo [na disciplina de lançamentos de peso e disco], a lançadora é considerada uma das jovens promessa desta modalidade.

A modalidade de luta vai entrar em cena só na próxima sexta-feira, 19 de maio com dois atletas, nomeadamente, M’Bundé Imbali na categoria de 65 quilos e o Bidopassa em 86 quilogramas.

As espectativas são grandes por parte da delegação guineense, que se encontra no local dos jogos, conforme admitiu o próprio chefe da missão, Francisco Muniro Conté.

“O espírito é de otimismo, de conseguir uma boa participação, e de obtenção de bons resultados”, conta Muniro Conté à Radiofusão Nacional e ao portal O Golo GB.

Saliente-se que, houve uma contrariedade em relação a modalidade de judo, o atleta Rui Ata Júnior não foi ao ‘IV Jogos da Solidariedade Islâmica’, segundo chefe da missão guineense, foi devido a alguma formalidade no pedido da sua autorização junto do seu serviço em Bissau, assim ficou reduzido para três atletas em duas modalidades.

Recorde-se que ‘O Golo GB’ tinha avançado que Rui Ata fazia parte da caravana guineense numa das suas edições, da qual noticiou que constava quatro atletas na comitiva, mas a sua ausência reduziu o número e consequentemente as modalidades que a Guiné-Bissau devia disputar em Bacu.

A delegação nacional tem na sua missão para os jogos islâmicos, para além do chefe da comitiva, Muniro Conté, o vice presidente do Comité Olímpico da Guiné-Bissau, Francisco da Costa e mais dois técnicos, um de atletismo, Luís Herédio e um de judo Edson Gomes.

A primeira edição dos ‘Jogos da Solidariedade Islâmica’ teve lugar na Arábia Saudita, a segunda aconteceu em Indonésia, a terceira teve como palco o Irão e esta quarta edição decorre em Bacu, capital de Azerbaijão.

Por: Irama Turé

Fotos: FMC